Números que mais saem na lotaria: é possível saber quais são?

A Lotaria Nacional é o mais antigo dos jogos de azar em Portugal e, como tal, é também um dos mais populares, logo muitos querem saber quais os números que mais saem na lotaria. A

final de contas, são 238 anos a dar prémios semanais, cortesia da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que continua a explorar o jogo desde que a então rainha Dona Maria deu autorização para tal. Corria então o ano de 1783.

A história da Lotaria Nacional é assim longa e muito rica, confundindo-se inclusive com a História contemporânea portuguesa. Não é por acaso que, em todas as extrações, a lotaria preste tributo e celebre a cultura nacional, como uma celebração de Portugal e de uma certa ideia de portugalidade.

Apostar na Lotaria Nacional é uma espécie de dois em um, em que une a componente de entretenimento à possibilidade de ganhar dinheiro e até mesmo de enriquecer significativamente.

Atualmente, os números oficiais mostram que dois em cada três portugueses apostam na Lotaria ou em outro jogo da Santa Casa da Misericórdia, o que significa que mais de 65 por cento dos portugueses residentes no território continental com mais de 18 anos costumam tentar a sua sorte. São números impressionantes, que continuam a ter uma tendência crescente.

É possível saber quais os números que mais saem na lotaria?

Ao contrário dos outros jogos que explora, como o Totoloto ou o Euromilhões, os Jogos Sociais da Santa Casa não disponibilizam os números que mais saem na lotaria, tanto na clássica como na popular.

É certo que, de acordo com a Teoria das Probabilidades, a chance de sair qualquer um dos algarismos é exatamente a mesma, mas obviamente que existem números que já saíram mais vezes do que outros. No entanto, este equilíbrio tende para o infinito, o que significa que se torna impossível saber quais os números que vão sair na próxima extração.

Não existe propriamente uma explicação oficial porque é que a Santa Casa da Misericórdia não partilha quais os números que mais saem na lotaria, mas provavelmente esse é o principal motivo: o facto de não haver propriamente uma razão racional para seguir mais um número do que outro, num jogo em que o prémio está limitado ao conjunto de 5 algarismos.

No entanto, também é possível especular que tal se deve para evitar que a maioria dos jogadores ocorra sempre aos mesmos números, tornando algumas cautelas mais procuradas do que outras.

Na verdade, o fundamental ao jogar na Lotaria Nacional, que engloba a lotaria popular e a lotaria clássica, é ter a noção de que estamos perante um jogo de azar, que depende única e inteiramente da sorte.

Quer isso dizer que não existem fórmulas secretas para vencer o sistema e quem lhe garantir o contrário é porque estará certamente a mentir. O mais importante é manter uma postura sensata e jogar com responsabilidade.

Como funciona a lotaria nacional?

A Lotaria Nacional é um jogo de azar muito simples, que consiste no sorteio aleatório de um número, em troca de um prémio monetário considerável. A lotaria tem seis números e cada um dos algarismos é chamado de fração. Semanalmente é feita uma extração da lotaria clássica e uma da lotaria popular, fiscalizada pelos Jogos Sociais da Santa Casa e pelo Governo.

Cada apostador pode comprar o número de boletins que bem entender. Estes têm o nome de cautelas e o seu valor depende do concurso e do tipo de lotaria, já que em Portugal existem vários géneros: a clássica, a popular e as extraordinárias.

A clássica tem o custo de 5 euros por cautela, a popular vai dos 2 aos 5 euros e as extraordinárias custam 15 euros. Também os prémios variam de acordo com o tipo de extração.

A lotaria clássica é a mais jogada de todas as lotarias nacionais, até porque é aquela que tem a maior probabilidade de sair. A matemática mostra que uma em cada três frações é premiada. Além disso, como o preço das cautelas é mais baixo, para as extrações ordinárias, a relação entre custo e benefício torna-se mais tentadora e apelativa.

A lotaria popular anda à roda todas as quintas-feiras, no período da manhã, na sede da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que pode ser assistido por qualquer pessoa.

Por sua vez, o sorteio das extrações da lotaria clássica é transmitido em direto na RTP2, todas as segundas-feiras. Chama-se “andar à roda” o momento da extração, em referência à tômbola com as bolas premiadas, que gira para as misturar.

Probabilidade de vencer a lotaria

É sabido que é extremamente improvável ganhar tanto a lotaria popular como a clássica, mas mesmo assim milhares de jogadores tentam a sua sorte semanalmente. Não é necessário ser um especialista em matemática para o perceber. Contudo, a explicação para esta popularidade é simples.

Por um lado, porque a relação entre custo e benefício é demasiado apelativa. Uma cautela é relativamente barata e o prémio prometido elevado. Por outro lado, existem prémio menores, mais fáceis de alcançar, que permitem ir minimizando o investimento. Finalmente, a popularidade das lotarias explica-se também pela sua natureza intuitiva.

É muito fácil, simples e rápido de jogar. As cautelas são vendidas em vários estabelecimentos espalhados pelo país, devidamente certificados e licenciados pela Santa Casa da Misericórdia, e qualquer pessoa tem acesso direto a eles. Também estão disponíveis online no site dos Jogos Santa Casa

Reply